Início » Hebraico Bíblico » Quem são os Judeus

Quem são os Judeus

Você conhece o povo judeu? Sem dúvida os judeus é um dos povos mais conhecidos da história da humanidade. Eles protagonizaram vários eventos ao longo dos tempos. São responsáveis pelo surgimento de duas grandes religiões mundiais. Portanto vale a pena conhecê-los.

Para conhecer um pouco sobre os judeus é muito fácil. Sua história está presente em livros escolares e no livro religioso mais lido do mundo, a bíblia. Por ser um povo que tem sua existência ligada a história da humanidade é importante conhecê-los melhor.

Nesse artigo você verá

  • Um resumo da história dos judeus,
  • O que é e como surgiu o judaísmo,
  • A importância dos judeus na humanidade.

Continue lendo e conheça os segredos por trás desse povo tão antigo e marcante.

quem-são-os-judeus

Origem dos Judeus

Boa parte de sua história está baseada na tradição judaico-cristã. Portanto é muito difícil determinar datas exatas para a maioria dos eventos antigos.

Outro problema é que grande parte de sua história antiga é registrada por um ponto de vista religioso. Assim é quase impossível separar a história da religião.

Onde tudo começou

A origem dos judeus começa a muitos anos atrás, antes da era cristã. Inicialmente eles eram conhecidos como hebreus, devido ao idioma que falavam, o hebraico. Eles surgem dos descendentes de um homem chamado Abrão, o primeiro patriarca. Abrão decide sair da antiga mesopotâmia para ir em busca de uma terra que foi prometida por Deus a ele.  Ele segundo a orientação de seu Deus muda seu nome de Abrão para Abraão, que significa pai de multidões.

Os patriarcas eram nômades que vagavam pela região do antigo oriente entre a Mesopotâmia e Egito. Essa região é conhecida como fértil crescente. Abraão teve um filho que o sucedeu chamado Isaque. E Isaque teve dois filhos Esaú e Jacó, sendo o segundo seu sucessor.

Jacó teve quatro esposas e doze filhos. Em uma experiência sobrenatural ele muda seu nome para Israel. Um dos filhos de Israel José torna-se governante no antigo Egito. Israel e seus filhos vão para a o grande país dos Faraós onde residem por muitos anos.

Formação da nação dos Hebreus

Com a morte de José e seus irmãos, seus descendentes são transformados em escravos. Nesse período os hebreus já eram um grande povo. Nesse período os judeus ficam conhecidos como israelitas e são subdivididos em tribos que corresponde aos doze filhos de Israel. Depois de muitos anos de escravidão um homem chamado Moisés liberta o povo das mãos do Faraó.

Moisés é um israelita da tribo de Levi. Ele quando era bebê foi escondido pela família em um cesto e colocado no rio para não ser morto pelos egípcios. A filha do faraó o encontra e ele é criado no palácio como príncipe do Egito. Quando adulto vê um israelita sendo atacado e mata o agressor egípcio. Foge para o deserto onde reencontra suas raízes hebraicas e é chamado por Deus para libertar o povo.

Segundo a tradição judaica ele conduziu o povo ao deserto por um período de 40 anos. Nesse período acontecem eventos importantes para o povo Judeu. Como por exemplo:

  • Passagem pelo mar vermelho
  • Entrega dos 10 mandamentos no Monte Sinai
  • Determinação da terra que seria futuramente o território israelita.
  • Criação dos rituais e símbolos religiosos
  • Divisão das funções estatais e religiosas.
  • Formação do exército
  • Construção da Arca da Aliança
  • Criação das leis civis

Esse período é importante para a formação da identidade do povo como uma nação. Eles não eram governados por reis mais por Juízes. Nesse período também que surgem grande parte dos costumes que até hoje estão presentes entre os judeus na cultura judaica.

Período dos Juízes

Depois da peregrinação no deserto os israelitas (judeus) se apropriaram da terra que eles consideravam a terra prometida a Abraão. Nesse período eles eram divididos em doze tribos e viviam sobre o código civil deixado por Moisés. Existiam também a figura do Juiz que exercia quase a função de chefe estatal.

Período dos Reis

Com o fim da era dos Juízes surge um período onde os israelitas foram governados por Reis. O mais célebre foi Davi que conseguiu fortalecer militarmente o povo hebreu e promover a união entre as tribos.

Com a morte de Davi seus descendentes não conseguem manter por muito tempo a união política promovida pelo memorável monarca. Ocorre a divisão do povo hebreu em duas nações. Israel do Norte era formada por dez tribos sediada por Samaria e Israel do Sul formada por duas tribos sediada por Jerusalém (Judá).

Judeus e a Dominação Estrangeira

Israel do Norte é destruída pelos Assírios e Israel do Sul é levada em cativeiro pela babilônia. Esse é o fim da era dos Reis. Depois de aproximadamente 70 anos, chega ao fim o cativeiro babilônico e o povo hebreu volta para sua terra.

É nesse momento que eles passam a ser conhecidos como judeus, que inicialmente era só para se referir aos membros da tribo de Judá. É nesse período também que inicia o judaísmo como conhecemos hoje. Agora o povo judeu livre reinicia sua nova história reconstruindo Jerusalém, agora sobre o domínio Persa.

Depois desse período de reconstrução os Judeus passam a ficar sobre o domínio Macedônio (Alexandre, o Grande). O que ocasionou diversas revoltas, inclusive a famosa revolta dos Macabeus. Após a dominação grega os judeus ficam sobre a dominação romana até a destruição de Jerusalém em 70 depois de Cristo.

Religião Judaica, o Judaísmo

O judaísmo é a religião do povo judeu. É a partir dessa religião que os judeus preservaram grande parte de suas tradições e costumes. Ela é uma prática religiosa que gira em torno da Torá e dos textos sagrados contidos na Bíblia Hebraica. A religião Judaica surge de uma necessidade do povo judeu.

Como surgiu o Judaísmo

Que surge após o cativeiro babilônico. Com o cativeiro os judeus não puderam continuar com suas práticas religiosas como acontecia em sua nação. Sua relação anteriormente com Deus estava pautada na ideia da terra prometida e sagrada. Existiam algumas questões que forçaram a repensar sua religiosidade:

  • Estavam em terra estrangeira,
  • Não havia mais o templo,
  • Corriam o risco de perder sua identidade vivendo em hábitos estrangeiros.

Esses fatores junto com levaram os judeus a repensarem suas práticas religiosas. Estavam diante agora de novas e urgentes necessidades.

  • Não podiam mais basear sua teologia em torno da terra sagrada,
  • Não podiam mais fazer as práticas religiosas que deveriam ser feitas no templo,
  • Tinham que manter sua identidade viva.

A partir dessa necessidade que os judeus desenvolvem uma nova perspectiva religiosa. Continuariam fiéis às suas tradições e leis que foram entregues por Moisés, porém agora sobre uma nova estrutura.

Dentro dessa nova estrutura surge uma nova figura importante além dos profetas e sacerdotes, os rabinos. Os rabinos são mestres responsáveis por ensinar e manter a religiosidade, tradição e cultura judaica viva e fiel ao que foi recebida por Deus através de Moisés.

Antes havia uma grande valorização dos rituais religiosos. Porém nessa nova estrutura são as leis e mandamentos que ganha destaque. Os judeus deixam de ser o povo dos ritos para se tornar o povo do Livro. A Torá torna-se importantíssima, pois nelas estão descritas as bases dos costumes judaicos. Alguns hábitos se tornam prioridade, como:

  • Leitura constante dos livros sagrados (principalmente a Torá),
  • Exercício da memória
  • Preservação da tradição.

Essa nova estrutura é o que conhecemos até hoje como judaísmo. É nesse contexto que a sinagoga se torna um importante centro religioso, social e cultural para o povo judeu.

Os Judeus e a História da Humanidade

A história dos judeus está estritamente ligada à história humanidade. O povo judeu não são apenas um povo bíblico ou religioso. Mas são de extrema importância para o mundo ocidental. Alguns fatores tornam esse povo marcante.

Fator religioso

Um dos fatores que tornam os judeus tão importantes na história da humanidade é a religião. O Judaísmo é uma religião que tem grande influência no mundo ocidental. É a religião monoteísta mais antiga do mundo. Além disso é a religião da qual se originou o cristianismo, a maior religião do mundo moderno.

Fator cultural

Por ser a religião de onde se originou o cristianismo, tem grande valor para os cristãos. Inclusive ao se referir a tradição cristã, os estudiosos usam o termo tradição judaico-cristã. Ou seja, a tradição judaica tem grande influência sobre os cristãos.

Como o cristianismo é a maior religião do mundo, consequentemente a cultura judaica está presente indiretamente é todo lugar onde o cristianismo está presente.

Fator histórico

Historicamente os judeus sempre se apresenta no contexto mundial. Entre os eventos históricos mais marcantes, destaca-se a perseguição sofrida pelo povo judeu durante a segunda guerra mundial. Eles foram as vítimas mais sofridas nessa página da história humana.

O holocausto foi um dos maiores genocídios que o ser humano conhece. Esse evento é estudado em todo o mundo ocidental nas aulas de história.

O povo judeu é um povo antigo, que tem uma história e cultura peculiar. O judaísmo é a sexta maior religião do mundo.

Dos judeus também surgiu o cristianismo que é maior religião do mundo hoje. Sua história está atrelada a história humana de forma inseparável. Por todos esses motivos nunca é demais conhecer e estudar esse povo tão extraordinário

Aprender Hebraico Bíblico e Cultura Judaica?

Que tal aprender a Bíblia no idioma que ela foi Escrita? Aprenda tudo sobre a cultura Judaica, conheça o Curso de Hebraico Bíblico Tsade.

Material completo que Levara você a falar hebraico e aumentar seu conhecimento Bíblico.

 

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.