Projeto Gospel - Tudo sobre a Bíblia Sagrada
Início » Hebraico Bíblico » O livro de Enoque, Anjos caídos e a Tradição Judaica

O livro de Enoque, Anjos caídos e a Tradição Judaica

Você já ouviu pregações sobre a queda de Satanás e seus anjos? Já ouviu que os anjos caídos são os pais dos gigantes? Sabe o que é o livro de Enoque? Quando buscamos estudar alguns temas bíblicos afundo, percebemos que muitas vezes alguns conteúdos ou conceitos que é popularmente conhecido não estão fundamentados na bíblia.

o-livro-de-enoque

Estudar sobre os anjos caídos e sobre a queda de Lúcifer, temos na bíblia uma quantidade limitada de informações. Por isso muitos estudiosos buscam compreender esses temas através de informações da tradição judaica de materiais que formam essa cultura, como o livro de Enoque. Por mais que creiamos na bíblia como única e suficiente, é importante pelo menos em nível de informação, conhecer essas leituras que às vezes são propagadas em pregações sem se saber a origem.

Nesse artigo separamos uma breve reflexão sobre o livro de Enoque, sua mensagem central, o que ele revela sobre os anjos caídos e sua importância na tradição judaico-cristã. Continue lendo e descubra os segredos desse texto tão polêmico.

O livro de Enoque

Na tradição judaica intertestamentária existem alguns livros conhecidos como apocalípticos. Entre esses escritos existem um que tinha muita importância na comunidade judaica do período 300 a 100 a.C. há os escritos de Enoque. Para a tradição judaica bíblica Enoque e Elias não provaram a morte (Gênesis 5.24; 2 Reis 2.11).

Na cultura judaica Enoque e Elias podem transitar entre o mundo espiritual e terreno. Os judeus acreditavam que eles apareciam segundo a vontade de Deus (Lucas 9.7).  Inclusive na festa da Páscoa os judeus deixam uma cadeira vazia para quando Elias vier.

Existe uma tradição ainda que quando existe uma discussão teológica polêmica os rabinos afirmam que quando Elias e Enoque voltarem nos explicarão.

Dentro dessa tradição acredita-se que por volta do século II antes da vinda de Jesus, Enoque apareceu e revelou alguns segredos espirituais e teológicos sobre textos que não estavam claros no bíblia (hebraica). Nessa revelação que forma o livro de Enoque e nesse livro existe uma releitura de textos do Antigo Testamento. É nessa narrativa que surge muitas das histórias que alguns pregadores e estudiosos usam para fala sobre os anjos caídos.

O Livro de Enoque e os Anjos Caídos

O chamado livro apócrifo de Enoque inicia com a proposta de trazer uma explicação sobre os eventos de Gênesis 6:1-4. Ele fala sobre os Vigilantes, que eram anjos celestiais, que se apaixonaram pelas mulheres, deixaram seu posto nos céus e tiveram filhos com elas.

Esses filhos são chamados de gigantes segundo Gênesis. Esses anjos caídos, segundo essa literatura apócrifa, são responsáveis por ensinar o domínio do metal e das magias.

Com a maldade dos homens Deus decide enviar o dilúvio e juntamente manda seus anjos fiéis para aprisionar os vigilantes e seu líder, que ficaram conhecidos como anjos caídos.  Como dilúvio e seus pais presos os gigantes morrem.  Segundo o texto do Livro de Enoque após a morte dos gigantes seus espíritos, agora livre dos corpos, se tornam os “espíritos imundos” (I Enoque 19), que posteriormente serão conhecidos como demônios, seres malignos.

Conteúdos Relacionados
Como Aprender Hebraico?
Palavras em Hebraico Bíblico
Festas Judaicas

O Livro de Enoque e a Tradição Judaico-cristã

Os textos intertestamentários como os Testamentos dos Patriarcas e os textos apocalípticos como o livro de Enoque e a narrativa dos anjos caídos, tem um grande valor na tradição judaica e na forma como a comunidade rabínica entende a Bíblia Hebraica.

O cristianismo vai ser influenciado com algumas referências a essa tradição no Novo Testamento. Afinal os apóstolos surgem dentro desse contexto cultural.

Apesar de toda polêmica que envolve a leitura desse livro e sua narrativa sobre os anjos caídos, não se pode negar que tanto a Bíblia hebraica quanto o Novo testamento tem uma explicação sólida sobre a origem do diabo, dos demônios ou anjos aprisionados (Apocalipse 9.13-15).

Por isso, mesmo entendendo que esses escritos estão fora do Cânon, não custa uma leitura para compreensão da tradição judaica de onde nasce o cristianismo.

Quer mesmo Aprender Hebraico? Veja isso

Se você realmente gostaria de aprender hebraico mas não tem muito recurso financeiro, nem tempo para ir a uma escola.

Recentemente foi Lançado o Curso Hebraico Bíblico (TSADE) um método que ensina hebraico bíblico a todos que desejam aumentar seu conhecimento bíblico. Nesse curso você aprende o idioma que a bíblia foi escrita. Para saber mais clique no botão abaixo e comece aprender hebraico hoje.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.