Início » Significados Bíblicos » Significado de Anjo

Significado de Anjo

Hoje vamos ver um pouco sobre o significado de anjo. A palavra anjo vem do termo grego “ággelos” que se traduz por mensageiro. No Novo Testamento do cânon bíblico, vemos uma demonstração dessa função quando Deus enviou um anjo de nome Gabriel para anunciar à Maria que ela seria privilegiada por ser “tomada” pelo Espírito Santo para gerar o único e suficiente salvador de todo o mundo, Jesus Cristo. (passagem abaixo)

significado-de-anjo

Aparição de um Anjo

Então, no sexto do mês (de gravidez de Isabel, mãe de João Batista, o qual também foi revelado pelo mesmo anjo o seu nascimento – Lucas 1.5-25), Deus enviou o anjo Gabriel para Nazaré, uma cidade da Galileia, a uma virgem prometida em casamento a certo homem chamado José, descendente de Davi.

E o nome da virgem era Maria. O anjo chegou ao lugar onde ela estava e ao se aproximar lhe declarou: ‘Alegra-te, mui agraciada! O Senhor está contigo’ Diante de tais palavras, Maria ficou intrigada, imaginando qual poderia ser o motivo daquele tipo de saudação.

Mas o anjo lhe revelou: ‘Maria, não temas; pois recebeste grande graça da parte de Deus. Eis que engravidarás e darás a luz um filho, a quem chamarás pelo nome de Jesus. Ele será Grande, e será chamado Filho do Altíssimo.

O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi e Ele reinará para sempre sobre o povo de Jacó, e seu Reino nunca terá fim. Então, perguntou Maria ao anjo: ‘Como acontecerá isso, pois jamais tive relação sexual com homem algum?’ Então o anjo lhe esclareceu: ‘O Espírito Santo virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra.

E por esse motivo, o ser que nascerá de ti será chamado Santo, Filho de Deus. Saiba que também Isabel, tua parenta, dará a luz a um filho mesmo em idade avançada, sendo que este já é o sexto mês de gestação para aquela a quem julgavam estéril.

Porquanto para Deus não existe nada que lhe seja impossível’ Diante disso, declarou Maria: ‘Eis aqui a serva do Senhor, que se realize em mim tudo conforme a tua palavra!’ Em seguida o anjo partiu’ (Lucas 1.26-38).

Vemos também esse papel sendo desempenhado no Apocalipse, quando logo no inicio da carta aparece essa afirmação: “Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe concedeu para mostrar a seus servos os acontecimentos que em breve devem se realizar, e que Ele, por intermédio do seu anjo, expressou ao seu servo João” (Apocalipse 1.1).

A mensagem de Jesus vem por meio de um anjo intermediário, nesta carta a palavra anjo aparece mais de setenta vezes. É interessante porque os pastores das igrejas da época que receberam as cartas são denominados como “anjo da igreja” (capítulos 02 e 03 – no inicio de cada carta), expressão costumeira até os dias de hoje, mais uma clara afirmação de que o termo anjo tem o significado de mensageiro, pois o pastor é o mensageiro da Palavra de Deus para a congregação/comunidade.

Quem são os Anjos?

Além do significado acima descrito, podemos afirmar também com base na Palavra que anjos são seres criados por Deus, assexuados, para Sua adoração e serviço. Ser mensageiro é um tipo de serviço. Na mesma carta Apocalipse citada acima, vemos os anjos de Deus em atuação no toque das trombetas, leia a carta completa, é a nossa recomendação.

Há várias classes de anjo e nomes para se referir a eles, por exemplo: serafins, querubins e arcanjos, mas estas especificações veremos em outros estudos nesse mesmo site, fique atento.

Há também anjos guardiões. Certa vez Jesus fez a seguinte declaração: “Tende cuidado para que não desprezeis a qualquer desses pequeninos, pois Eu vos asseguro que seus anjos nos céus veem continuamente a face de meu Pai celestial” (Mateus 18.10), nesse caso, podemos entender que há anjos guardiões destacados pelo Senhor para cuidar das crianças e do povo de Deus em geral, quando, por exemplo, o salmista também declara:

“Porque aos teus anjos Ele dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus caminhos; com as mãos eles te sustentarão, para que jamais tropeces em alguma pedra” (Salmo 91.11-12).

O autor aos Hebreus ainda diz assim: “Não são todos anjos, espírito ministradores, enviados para servir em benefício dos que herdarão a salvação” (Hebreus 1.14). Seres criados para o serviço ao Pai e que por intermédio e mandato Dele serve os filhos conforme sua orientação.

Como é um Anjo

O apostolo João nos conta também, na visão que teve do trono da majestade de Deus o seguinte: “Então reparei e também ouvi a voz de grande multidão de anjos ao redor do trono e dos seres viventes e dos anciãos, cujo número era de milhares de milhares e de milhões de milhões.

Eles proclamavam em alta voz: ‘Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber a plenitude do poder, riqueza, sabedoria, força, honra, glória e louvor” (Apocalipse 5.11-12), confirmando a ideia de que eles foram criados para a adoração ao Pai e são de números incontáveis. Podemos unir a visão de Isaías que diz: “No ano em que faleceu o rei Uzias, eu vi o Eterno sentado sobre um trono alto e exaltado. A aba do seu manto preenchia todo o Templo. Em torno dele posicionavam-se serafins (anjos).

Cada um deles tinha seis asas: com duas cobriam o rosto, com duas cobriam os pés e com duas voavam. E, ao mesmo tempo, clamavam uns aos outros: Santo, santo, santo, é o Senhor dos Exércitos, eis que toda a terra está plena da glória do Senhor” (Isaías 6.1.3).

O Satanás e os seus demônios são anjos, porém caídos por se rebelarem contra o Eterno, o destino deles já está traçado e hoje a nossa luta é contra eles que tentam de todas as maneiras nos afastar do Pai, mas sabemos que o nosso Deus é maior e sempre vitorioso, e Nele nós temos triunfo absoluto:

“Porquanto, nossa luta não é contra seres humanos, e sim contra principados e potestades, contra os dominadores deste sistema mundial em trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais” (Efésios 6.12) e “Mas o Rei ordenará aos que estiverem à esquerda: ‘Malditos! Apartai-vos de mim. Ide para o fogo eterno, preparado para o Diabo e os seus anjos” (Mateus 25.41) e ainda “Ora, se Deus não poupou aos anjos que pecaram, mas os lançou no inferno, aprisionando-os em cadeias abismais tenebrosas, com o propósito de serem reservados para o Juízo” (2 Pedro 2.4).

Como comentado acima, fique atento nesse mesmo site para saber mais sobre os querubins, serafins e arcanjos, nessa mesma “pegada” de estudo sobre anjos.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.