Início » Histórias da Bíblia » Quem foi Natanael?

Quem foi Natanael?

Natanael foi um dos doze apóstolos de Jesus, contudo apenas o evangelho segundo escreveu João o menciona por esse nome, os outros três o apresentam como Bartolomeu – Mateus 10.2-4, Marcos 3.16-19 e Lucas 6.113-16.

quem-foi-natanael

História de Natanael

O que conhecemos sobre a história de Natanael nos foi contado por João da seguinte forma: “No dia seguinte, Jesus decidiu ir para a Galileia. Quando encontrou Filipe, disse-lhe: ‘Segue-me’. Ora, Filipe era de Betsaida, cidade de André e de Pedro.

Filipe encontrou Natanael e disse-lhe: ‘Encontramos Aquele sobre quem Moisés escreveu na Lei e a respeito de quem também escreveram os profetas: Jesus de Nazaré, filho de José’. E Natanael disse-lhe: ‘Pode alguma coisa boa vir de Nazaré?’ Filipe respondeu: ‘Vem e vê’. Jesus viu Natanael se aproximando e disse a seu respeito: ‘Eis um verdadeiro israelita, em quem não há falsidade!’.

Disse-lhe Natanael: ‘De onde me conheces?’ Respondeu-lhe Jesus: ‘Antes de Filipe te chamar, quando tu estavas debaixo da figueira, eu te vi’. Natanael exclamou: ‘Mestre, Tu és o Filho de Deus! Tu és o Rei de Israel!’. Jesus lhe respondeu: ‘Porque Eu disse que te vi debaixo da figueira, crês? Pois tu verás coisas muito maiores do que estás’.

E disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos asseguro que vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem’” (João 1.43-51).

Outra citação de Natanael contado por João está no capítulo 21 do evangelho de Jesus escrito por ele (João 21.2), quando Jesus apareceu pela terceira vez aos seus discípulos depois de ter ressuscitado dos mortos e antes de subir ao céu.

A vida de Natanael

Natanael, que significa “Deus deu”, era um estudioso das Escrituras, no caso do Antigo Testamento, e a verdade das Escrituras era muito importante para ele.

Veja que quando Filipe falou com ele sobre Jesus, ele não falou que o Messias poderia fazer algo de bom em sua vida, como resolver um problema difícil, pelo contrário, ele disse: “Encontramos Aquele sobre quem Moisés escreveu a Lei, e a respeito de quem também escreveram os profetas: Jesus de Nazaré, filho de José” (João 1.45).

Natanael conhecia o Antigo Testamento, vemos isso pelo fato de Filipe ter falado com ele sobre Jesus dessa maneira. Natanael estava em busca da verdade divina.

Natanael reconheceu Jesus rapidamente porque ele conhecia o que as Escrituras diziam sobre Ele (João 1.49).

Natanael e Filipe

Provavelmente Natanael era um amigo mais chegado que um irmão de Filipe, pois se percebe muita afinidade entre os dois, baseado no relato de João conforme veremos mais à frente, bem como pela maneira que os outros três evangelistas os apresentam na lista dos doze apóstolos.

Curiosamente ou coincidentemente os nomes dos apóstolos estão relacionados nas Escrituras Sagradas pelo grau de ligação, tiramos como exemplo os casos dos irmãos Pedro e André e Tiago e João, seus nomes sempre estão seguidos um do outro e não é diferente em relação a Filipe e Natanael, apresentado como Bartolomeu, seus nomes sempre estão sequenciais, contudo não há evidencias para afirmamos que eles eram irmãos, mas sim pode-se concluir que eram amigos.

Sobre o caráter de Natanael

Natanael pertencia ao povo de Israel por convicção pessoal e não somente por mera descendência. Natanael tinha um coração puro e nele não havia má fé. O coração de Natanael buscava a verdade que ali já estava se tornando conhecida por ele. A verdade é uma pessoa: Jesus, o Cristo.

O mais lindo é que Natanael recebeu a aprovação de Jesus logo no inicio: “Eis um verdadeiro israelita, em quem não há falsidade” (João 1.47). A maioria busca a aprovação ao final, mas Natanael recebeu no inicio e possivelmente foi fiel a Jesus até o fim.

É interessante que Jesus também afirma: “Antes de Filipe te chamar, quando tu estavas debaixo da figueira, eu te vi” (João 1.48). Curiosamente a figueira é uma árvore usada do lado positivo, como algo bom, que dá bons frutos, possivelmente como apostolo Natanael deu bons frutos, contudo o contexto mostra que Jesus não apenas o viu, literalmente, mas o conhecia por completo.

 O preconceito de Natanael

Encerramos comentando sobre o preconceito de Natanael, apesar do seu bom caráter.

Natanael disse: “Pode alguma coisa boa vir de Nazaré?” (João 1.46). O preconceito de Natanael estava em desprezar toda a cidade de Nazaré, claramente havia um desdém entre os povos ali, não era algo isolado do seu coração, mas que fazia parte do contexto e havia encontrado lugar em sua vida, e por isso se o seu desejo de conhecer a verdade divina não fosse forte e a graça de Jesus que já estava alcançada, o preconceito poderia fazê-lo perder a dadiva de viver em Jesus e por Jesus.

Como morreu Natanael?

Não há nenhum registro especifico sobre a morte de Natanael, contudo todos os relatos da igreja primitiva sugerem que ele foi fiel a Jesus até o fim e por isso martirizado, assim como os outros apóstolos, exceto João (o vemos já de idade avançada na Ilha de Patmos quando escreveu a carta do Apocalipse) e Judas Iscariotes (esse que não foi fiel a Jesus e se suicidou).

Relatos sugerem que o mártir de Natanael possa ter ocorrido pela crucificação ou que ele tenha sido amarrado dentro de um saco e lançado ao mar, contudo as sugestões são apenas como base de curiosidade.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.