Projeto Gospel - Tudo sobre a Bíblia Sagrada

Início » Estudo Bíblico » Estudo Sobre Salvação

Estudo Sobre Salvação

“Façamos o ser humano à nossa imagem, de acordo com a nossa semelhança” – Gênesis 3.26 – essa foi à declaração do Eterno que originou a criação da humanidade.

O Eterno criou o homem e a mulher como seres eternos com poder de escolhas e ambos, seduzidos pelo inimigo Satanás, escolheram o caminho da desobediência das orientações dadas por Deus em sua infinita sabedoria e essa desobediência estabeleceu a também conhecida “queda da humanidade”, pois toda a ação tem uma consequência.

A desobediência de ambos fez com que o pecado fosse instituído no ser humano, por isso todos nós (descendentes de Adão), sem distinção, nascemos propensos ao pecado necessitando de uma restauração para com Deus, bem como a partir dai a morte passa ser experimentada por todos, pois desde então o salário do pecado é a morte e apenas o pecado faz distanciamento entre Deus e o ser humano – Gênesis 3 e Romanos 6.23.

Contudo, o plano do Criador foi criar seres humanos eternos para relacionamento e vida eterna ao seu lado, para serem um, assim como o Pai, o Filho e o Espírito Santo são um e exatamente nesse momento da queda começou também o plano do Eterno para reconduzir as pessoas a Ele dando-lhes novamente a condição de gozarem para sempre de tudo o que por Ele mesmo é preparado porque os Seus planos jamais podem ser frustrados.

O plano de redenção começa aqui, antes do homem e da mulher serem expulsos do Éden:

Estabelecerei inimizade entre ti (serpente – Satanás) e a mulher, entre a tua descendência e o descendente dela, porquanto, este te ferirá a cabeça e tu lhes picarás o calcanhar. Para a mulher sentenciou o Senhor: Multiplicarei grandemente o teu sofrimento na gravidez, em meio à agonia darás à luz filhos, seguirás desejando influenciar o teu marido, mas ele te dominará” – Gênesis 3.15-16.

O plano de redenção viria através da vida de uma mulher que seria unicamente instrumento e canal de Deus para gerar e dar a luz ao Único Salvador, Jesus Cristo, o Filho Amado, o responsável pela justificação de toda a humanidade.

Nas Sagradas Escrituras, vemos que Maria, noiva de José, ainda virgem, foi escolhida para ser o canal de Deus para gerar o Redentor Jesus (Lucas 1.26-38) e que essa ação fez-se necessária para vivificar o que pelo pecado foi temporariamente destruído: “Porque, assim como a morte veio por um homem, da mesma forma, por um homem veio à ressurreição dos mortos. Porquanto, assim como em Adão todos morrem, em Cristo todos serão vivificados” – 1ª Coríntios 15.21-22, sendo assim Deus ofereceu Jesus como sacrifício para propiciação dos pecados de todos proclamando a evidência da sua justiça” – Romanos 3.25.

Precisava ser Jesus, santo, sem pecado, para pagar o preço definitivo e reconciliar o mundo com Deus e garantir a chance de salvação eterna para todos os seres humanos que crerem Nele – Isaías 53 e Romanos 5.7-11.

estudo-sobre-salvação

Estudo Bíblico sobre Salvação

O discípulo amado faz a seguinte declaração: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” – João 3.16.

Dentro desse versículo bíblico destacamos a expressão “todo aquele” para afirmar que a salvação está disponível e tem como alvo todas as pessoas, independente de cor, raça, língua ou nação. Portanto, você que está lendo essas palavras agora deve entender que a salvação oferecida pelo Eterno quer alcançar a você, pois é para você também.

Outra expressão que destacamos nesse versículo é “vida eterna”. Há apenas dois caminhos, um caminho que leva a vida eterna por Jesus e outro caminho que leva a morte (condenação) eterna por uma vida na prática do pecado:

“E o testemunho é este: que Deus nos concedeu a vida eterna, e essa vida está em seu Filho! Quem tem o Filho, tem a vida; quem não tem o Filho de Deus, não tem a vida. Estas orientações vos escrevi, a fim de saberdes que tendes a vida eterna, a vós outros que credes em o Nome do Filho de Deus” – 1ª João 5.11-13.

Estudo Sobre Santidade

Salvação em Jesus

A vida eterna (salvação) está única e exclusivamente em Jesus por sua obra de morte na cruz do calvário: “Assegurou-lhes Jesus: Eu Sou (mesmo expressão usada por Deus no antigo testamento – Êxodo 3.14) o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim” – João 14.6.

E a vida eterna não começa para quem está salvo apenas quando morre neste mundo e aguarda a ressurreição e vinda de Jesus, mas quando morre para esse mundo, ou seja, quando recebe Jesus como Senhor e Salvador da sua vida: “E a vida eterna é está: que te conheçam a Ti, o Único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste” – João 17.3, e nessa mesma oração Jesus declarou: “Eu lhes tenho transmitido a tua Palavra, e o mundo os odiou, porque eles não pertencem ao mundo, como Eu não sou do mundo. Não oro para que os tires do mundo, mas sim, para que os protejas do príncipe desse mundo” – João 17.14-15.

Ou seja, a partir desse momento o que está proposto é uma vida de unidade com o Eterno, na obra que Ele mesmo vai executando na vida dos que se entregam a Ele e nessa caminhada Ele vai se revelando enquanto é buscado até quando chegará o dia em que estaremos com Ele eternamente conhecendo-o como nós mesmos somos conhecidos:

“Agora, portanto, enxergamos apenas um reflexo obscuro, como em um material polido, entretanto, haverá o dia em que veremos face a face. Hoje, conheço em parte, então, conhecerei perfeitamente, da mesma maneira como plenamente sou conhecido” – 1ª Coríntios 13.12.

Salvação em Cristo

“Porquanto, pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem por intermédio de obras, a fim de que ninguém venha a se orgulhar por esse motivo” – Efésios 2.8-9.

A salvação é uma dádiva de Deus e não vem por méritos próprios, pois ninguém pode salvar a si mesmo e todos estavam separados da vida de Deus. A salvação é gratuitamente oferecida a fim de livrar da ira vindoura contra todos os pecados. A salvação é um direito garantido por Jesus e em Jesus.

A única forma de justificação divina – perdão e salvação eterna – é a sincera fé em Jesus Cristo. A sincera entrega: “Isto é, a justiça de Deus, por intermédio da fé em Jesus Cristo para todas as pessoas que creem. Porquanto não há distinção porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente por sua graça, mediante a redenção que há em Jesus” – Romanos 3.21-24.

A partir do momento da entrega da vida para Jesus pela fé, o Espírito Santo começa habitar no novo convertido, abrindo seus “olhos espirituais” transformando a sua vida numa linda obra dia após dia, livrando do domínio das trevas e fazendo-o nova criatura. Livrando da condenação e dando-lhe vida.

Os que morrem nessa condição (estando em Jesus), numa vida conduzida exclusivamente por Ele estão salvos porque Dele vem à salvação e os que morrem sem Ele, aguardarão o Grande Tribunal quando receberam a sentença vinda Dele – Apocalipse 20.11-15.

→ Versículos sobre Santidade

Conclusão…

Ninguém precisa experimentar a condenação eterna. Para ser salvo, basta receber Jesus, reconhecendo-o pela fé como Senhor e Salvador, e vivendo uma vida de devoção completa a Ele, dia após dia.

Quer receber Jesus na sua vida e escrever uma nova história? Ore assim: Senhor Jesus, eu reconheço que sem ti eu estou perdido, lhe peço que perdoe os meus pecados e me receba de volta escrevendo meu nome no Livro da Vida. Caminhe comigo, pelo Espírito Santo, dia após dia, pois a minha salvação em ti está garantida e a vida eterna para mim começa agora e se concluirá definitivamente na sua gloriosa vinda. Amém.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.

Recomendação da Semana