Início » Curiosidades Bíblicas » A Vontade de Deus

A Vontade de Deus

Primeiramente é preciso deixar claro para todo mundo que está lendo esse artigo que a vontade de Deus para a humanidade sempre é boa porque Ele é bom.

“Assim, se vós, sendo maus, sabeis dar bons presentes aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai que está nos céus dará o que é bom aos que lhe pedirem” (Mateus 7.11); “Rendei graças ao Senhor porque Ele é bom, porquanto seu amor leal dura para sempre” (Salmo 136.1).

a-vontade-de-Deus

Qual é a vontade de Deus?

O apóstolo Paulo escreve: “Portanto, caros irmãos, rogo-vos pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo como um sacrífico vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto espiritual. E não vos amoldeis ao sistema deste mundo, mas sede transformados pela renovação das vossas mentes, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12.1-2).

Como um Deus e Pai bom, Ele não deseja que ninguém se perca, por isso recomenda que ninguém se amolde ao sistema desse mundo, mas que seja transformado por uma renovação de entendimento ao que a Sua Palavra aconselha e orienta, bem como diz que é caminho correto e de vida.

Vivendo na Palavra de Deus, a saber, lendo, meditando, estudando, bem como buscando viver os seus princípios, inevitavelmente a vontade de Deus estará acontecendo na nossa vida.

A Palavra de Deus não tem como objetivo nos punir, mas nos prevenir e proteger do mal. A Palavra de Deus quer nos poupar de tantos males que acontecem, mas que seriam evitados por nós mesmos se a levássemos em conta. Essa é a vontade de Deus.

A vontade de Deus não é causar mal

A vontade de Deus não é causar o mal sobre o homem e muito menos Ele se agrada disso. Ao ver a maldade se multiplicar, no Antigo Testamento vemos que Deus lamentou por ter criado o homem, Ele não se arrependeu, mas lamentou pelas escolhas que a humanidade estava fazendo e se afastando da Sua vontade que sempre é boa – “Então o Senhor entristeceu-se muito por haver criados os seres humanos sobre a terra, e esse sentimento feriu profundamente o seu coração” (Gênesis 6.6).

Por causa da maldade humana veio o juízo sobre o mundo através do diluvio, por pura consequência de ato, depois de muitos avisos e misericórdia sendo repartida. O juízo nunca vem antes da misericórdia.

A vontade de Deus é a Salvação

Ainda por causa da maldade que se multiplicava, o homem não podia pagar esse preço por si mesmo, sendo assim por amor e vontade Jesus se colocou no lugar de todos levando sobre si na cruz do Calvário toda a ira de Deus contra o pecado para oferecer salvação para todo aquele que Nele crê, bem como reconciliar a todos que quiserem, e sempre será optativo, a humanidade com Deus – “Pois Deus estava em Cristo reconciliando consigo mesmo o mundo, não levando em conta as transgressões dos seres humanos, e nos encarregou da mensagem da reconciliação” (2º Coríntios 5.19).

Na cruz do Calvário, Jesus gritou: “E por volta das três horas da tarde, Jesus clamou com voz forte: ‘Eloí, Eloí, lamá sabactâni?’, que significa: ‘Meu Deus, Meu Deus! Por que me abandonaste’” (Mateus 27.46). Entende-se que nesse momento, Deus o Pai “virou as costas” para Jesus, por isso Ele se sentiu abandonado e isso aconteceu porque, na verdade, Deus estava virando as costas para todo o pecado que estava sendo posto sobre Jesus para a salvação humana. A ira de Deus contra tudo o que é mal.

Por meio de Jesus e unicamente por Ele, a vontade de Deus é que todos sejam salvos, assim aos que creem em seu nome.

Quais orações são respondidas?

A carta de Tiago diz assim: “E quando pedis não recebeis, porquanto pedis com a motivação errada, simplesmente para esbanjardes em vossos prazeres” (4.3).

A vontade de Deus é responder todas as orações, porém Ele sabe o que é bom pra gente e os seus “nãos” ou os seus “silêncios” estão carregados de amor.

Mas quais as orações são respondidas? Aquelas que são feitas segundo a Sua vontade e não com a motivação errada.

E como saber como orar segundo a vontade de Deus? Conhecendo a Bíblia porque Ele nunca irá contra a Sua própria Palavra.

Como entender a vontade de Deus para a nossa vida?

A vontade de Deus individual para o ser humano, por exemplo, no que diz respeito ao ministério de alguém, está associado primeiramente aos jeitos (talentos) que Ele mesmo concede a cada um nós no decorrer da vida.

A vontade de Deus também nunca irá se moldar a vontade humana, pois Ele é Deus e nós, ai na condição de servos, nos submetemos as suas diretrizes, por isso cabe às palavras do salmista: “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais Ele fará” (37.5).

Como entender a vontade de Deus em quatro pontos

Seguindo com o argumento acima, para entender a vontade de Deus para a nossa vida primeiro precisamos reconhecer aquilo que temos mais habilidades, individualmente Ele concedeu a cada um o que lhe apraz.

Segundo é necessário saber que Ele é Deus e bom, sabe dar para cada um o que é melhor, por isso entregar o caminho e ser conduzido por Ele e não tomar as rédeas da vida, pois certamente assim dará certo.

Terceiro, o filho confia no Pai, e nós devemos confiar em Deus com todo o nosso entendimento e coração.

E quarto, saber que tudo vem Dele e se Ele não abençoar, nada dará resultado – “Pois sem mim nada podeis fazer, disse Jesus” (João 15.5).

Reflexão

Depois de ler e refletir, pare um tempo e ore ao Pai, Ele te ajudará. Coloque ainda as coisas em ordem no seu coração e no seu relacionamento com Ele. Você descobrirá que a vontade Dele sempre esteve revelada sobre você, só você que não tinha visto ainda.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.