Projeto Gospel - Tudo sobre a Bíblia Sagrada

Início » Histórias da Bíblia » História do Rei Salomão

História do Rei Salomão

Há alguns personagens bíblicos que são marcantes e que por nome são reconhecidos facilmente. O rei Salomão é um destes exemplos. Talvez você não saiba exatamente quem ele foi ou qual a sua história, mas o nome é muito familiar.

Para ajudá-lo a conhecer mais sobre quem foi Salomão e qual a sua história estamos escrevendo este artigo. Aproveite e conheça a trajetória do filho de Davi.

rei-salomao-história-quem-foi

Quem foi Salomão

O primeiro ponto para descobrir quem foi Salomão nós citamos, ele era filho do rei Davi com Bate-Seba. Ele foi o responsável por construir o primeiro templo de Jerusalém, no qual viveu com prosperidade e muita paz.

Deus prometeu aos pais de Salomão que de todos os seus filhos, ele seria o sucessor. “Mas você terá um filho que será um homem de paz, e eu farei com que ele tenha paz com todos os inimigos ao redor dele. Seu nome será Salomão, e eu darei paz e tranquilidade a Israel durante o reinado dele.

É ele que vai construir um templo em honra ao meu nome. Eu serei seu pai e ele será meu filho. E eu firmarei para sempre o trono do reinado dele sobre Israel”. (1 Crônicas 22:9-10).

O Rei Salomão

Parecia que toda a história de Salomão já estava traçada, se não fosse por Adonias, seu irmão. Quando Davi já estava muito velho, seu filho proclama-se rei, contrariando a vontade de Deus.

Mas Davi não permitiu que isso acontecesse e mandou que Salomão fosse proclamado rei, cumprindo assim a promessa do Senhor.

Aliás, a obediência a Deus era muito comum em sua família, exceto com Adonias. Para recompensar Salomão, o Senhor apareceu em um de seus sonhos.

“Em Gibeom o Senhor apareceu a Salomão num sonho, à noite, e lhe disse: “Peça-me o que quiser, e eu darei a você”. (1 Reis 3:5).

Com sua humildade, o rei pediu sabedoria para governar pelo seu povo.

A Sabedoria de Salomão

A sabedoria ganhada de Deus foi útil por diversos momentos, como podemos exemplificar com o caso das prostitutas. Duas mulheres haviam ganhado bebê, porém um deles havia morrido e elas disputavam pelo que estava vivo.

Para descobrir quem era a mãe verdadeira, Salomão pediu que dividissem a criança ao meio. A verdadeira não aceitou, enquanto a outra disse sim. Pela decisão, o rei teve certeza a quem a criança pertencia.

“Então o rei ordenou: “Tragam-me uma espada”. Trouxeram-lhe. Ele ordenou: “Cortem a criança viva ao meio e deem metade a uma e metade à outra”. A mãe do filho que estava vivo, movida pela compaixão materna, clamou: “Por favor, meu senhor, dê a criança viva a ela! Não a mate!” A outra, porém, disse: “Não será nem minha nem sua. Cortem-na ao meio!” (Reis 3:24-26)

O reinado de Salomão foi marcado pela paz. O rei estabeleceu alianças e tratados comerciais com seus vizinhos, espalhando a sua fama por todos os lugares. Sua sabedoria também está registrada na bíblia, em diversas passagens, como Provérbios, Eclesiastes, Cânticos e nos Salmos 72 e 127.

Porém a sabedoria de Salomão não permaneceu por toda a sua vida. Já na velhice, o rei havia casado com mulheres de diversas religiões e crenças, que acabaram afastando-o de Deus. Ao desviar-se da fonte de sabedoria, ou seja, do Senhor, ele a perde e já não consegue nem ensinar seu filho, que perde grande parte de seu reinado.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.

Recomendação da Semana