Projeto Gospel - Tudo sobre a Bíblia Sagrada
Início » Histórias da Bíblia » Quem foi Calebe

Quem foi Calebe

O Calebe, filho de Jefoné, foi um homem abençoado por Deus, pois ele o seguia com extrema confiança e integridade, e por ter seu coração consagrado ao Eterno, recebeu do mesmo a promessa que muitos almejaram, mas poucos alcançaram: entrar e conquistar a terra prometida aos israelitas (Números 14.24).

quem-foi-josué

História de Calebe

Proveniente da tribo de Judá (Números 13.6), o Calebe, com quarenta anos de idade (Juízes 14.7), foi um dos escolhidos entre os chefes dos israelitas, representando Judá, para a missão de reconhecimento das terras de Canaã, a terra prometida da qual o Eterno estava por dar aos filhos de Israel (Números 13.1-2).

O retorno e a prestação de relatório

As Sagradas Escrituras registram que após quarenta dias na missão de espionagem, Calebe, ao lado dos outros doze (Números 13.2-16), retornaram para prestar os relatórios missionários. As noticias não eram nada boas na boca da maioria, porém em determinado momento Calebe ergueu a voz e fez calar o povo reunido ali que os escutava e disse: “Subamos e herdemo-la, em verdade temos a capacidade de conquistar essa terra” (Números 13.30), a terra prometida que emana leite e mel (Números 13.27).

Contudo, os demais alegavam que não podiam marchar contra aquele povo, tendo em vista que eles eram mais fortes do que eles, incluindo os gigantes que são os descendentes de Enaque (Número 13.31).

O povo que estava reunido ali elevou a voz, puseram-se a gritar e se rebelaram (Números 14.1), foi ai que o Eterno, Deus da promessa, interveio nessa situação, colocou a sua mão e a fez pesar sobre os israelitas.

Josué e Calebe

De todos os missionários que compuseram o grupo de espionagem da terra, apenas Oseias que teve o seu nome mudado para Josué (Números 13.16) e Calebe permaneceram vivos, tendo os seus dias poupados, enquanto os demais morreram por “retornarem e mobilizarem toda a comunidade a murmurar, bem como amedrontar o povo fazendo-os desacreditar da posse da terra” (Números 14.36).

O povo de Israel iria passar quarenta anos no deserto e todos os israelitas iriam morrer sem conquistar a promessa dada pelo Eterno.

Quanto a Calebe, o Eterno jurou que ele conquistaria a terra prometida: “Por esse motivo, naquele mesmo dia, Moisés me jurou: ‘Certamente a terra em que pisou o teu pé te pertencerá por herança a ti e aos teus descendentes para sempre, porque obedeceu perfeitamente meu Deus” (Juízes 14.9).

A terra prometida

A terra que o Senhor prometeu aos israelitas foi conquistada e nessa conquista houve um processo de administração dos seus domínios territoriais especificamente entregues para cada uma das tribos de Israel, nesse período Calebe estava no vigor dos seus oitenta e cinco anos:

“Desde então, o Senhor me guardou com vida de acordo com a sua promessa, faz quarenta e cinco anos que o Eterno fez essa declaração a Moisés, quando Israel andava pelo deserto, e eis que agora estou com oitenta e cinco anos. Todavia, ainda me sinto tão forte como no dia em que Moisés me enviou naquela missão, tenho neste momento vigor para ir a guerra como tinha naquela época” (Josué 14.10-11).

Josué abençoou Calebe e lhe deu Hebrom por herança (Josué 14.13-14). Calebe, ainda, quando foi conquistar Quiriate-Sêfer ofereceu a mãe de Acsa por casamento e Otoniel, sobrinho de Calebe, conquistou a cidade e casou-se com ela (Josué 15.16-17).

Conclusão

Porque “ele foi obediente e perseverou em seguir o Eterno, o Deus de Israel” (Josué 14.13), essa é a afirmação que se houve em referência à Calebe que sabia a quem pertencia e que Ele, o Eterno, era poderoso para cumprir a sua promessa e dar-lhes por conquista a terra almejada, não importava as circunstâncias ou adversidades que pudessem existir.

Todos nós podemos olhar para a história de Calebe e sermos desafiados a confiar no Eterno acima de todas as coisas e sob qualquer cenário que esteja em nossa frente, pois tudo o que Ele prometeu a seu respeito, custe o que custar, cedo ou tarde, certamente se cumprirá, porque Ele é fiel, Todo Poderoso.

[Total: 3    Média: 5/5]

Adicionar comentário

Publicidade