Projeto Gospel. Aprenda tudo sobre Teologia!

Quem foi Timóteo – História Completa

Um dos nomes mais conhecidos das Escrituras Sagradas certamente é de Timóteo, nada menos ele leva duas cartas com seu nome no Novo Testamento. Nesse texto nós conheceremos a história desse jovem apaixonado pelo Evangelho do Reino e compromissado a fazer a obra do amor e cuidado.

quem-foi-timoteo

História de Timóteo

O Timóteo era natural de Listra, que hoje é a Turquia, filho de pai grego (descrente) e de uma piedosa mãe judia cristã, chamada Eunice, e ele ainda tinha Lóide como avó (Atos 16.1 e 2ª Timóteo 1.5), segundo registros bíblicos.

Reconhecidamente um missionário e líder cristão, amado filho na fé do apóstolo Paulo (1ª Timóteo 1.2) com chamado pastoral.

Timóteo foi instruído sobre a Lei e os Profetas, pois conforme a tradição judaica, os meninos começavam a ser instruídos formalmente no A.T. quando chegavam aos cinco anos de idade, Timóteo foi ensinado em casa por sua avó e mãe:

“Porque desde a infância sabe as Sagradas Letras que têm o poder de fazer-te sábio para a salvação, por intermédio da fé em Jesus Cristo” (2ª Timóteo 3.15).

Estudiosos afirmam que o Timóteo começou a receber esse ensino muito antes da idade mencionada.

Timóteo e Paulo

A segunda viagem missionária de Paulo aconteceu por volta do ano 50 depois de Cristo, quando Timóteo, provavelmente ainda era um adolescente nessa ocasião, considerando que ele se refere a Timóteo como um jovem em 1ª Timóteo 4.12: “Ninguém menospreze o fato de ser jovem, mas procura ser exemplo para os fiéis, na palavra, no comportamento, no amor, na fé e na pureza”.

Nessa viagem, Paulo se interessou que Timóteo o acompanhasse em sua missão, para tanto, o circuncidou por causa dos judeus que viviam naquela região, pois era do conhecimento de todos que seu pai era grego (Atos 16.4). Timóteo participou efetivamente dos esforços de evangelização da Macedônia e da Acaia, bem como participou de muitas missões com o apostolo ou sob sua orientação, até a sua morte (de Paulo).

Alguns afirmam que Timóteo foi evangelizado por Paulo na sua primeira viagem missionária à sua terra natal, outros afirmam que Paulo, na verdade, não é o “pai na fé” de Timóteo, mas sim “pai no ministério”, levando em conta os ensinos de sua mãe e avó.

Durante sua quarta grande viagem missionária, Paulo deu ordens a Timóteo para cuidar espiritualmente, servir e pastorear a Igreja em Éfeso:

“Conforme te solicitei, quando partia para a Macedônia, permanece em Éfeso para advertires a certas pessoas que não mais ensinem doutrinas falsas” (1ª Timóteo 1.3).

1ª e 2ª Timóteo

A primeira carta de Paulo a Timóteo foi escrita em 64 depois de Cristo na Macedônia e a segunda carta foi escrita cerca de 66 depois de Cristo numa prisão em Roma, ambas ao lado da carta a Tito compõe as conhecidas “três cartas pastorais” do apóstolo.

Autoria de Timóteo

O apostolo Paulo cita Timóteo também como “remetente participante” em seis das suas cartas canônicas: 2ª Coríntios, Filipenses, Colossenses, 1ª e 2ª Tessalonicenses e Filemon.

Conclusão

E uma das suas cartas a Timóteo, há uma orientação clara de Paulo ao seu jovem pastor: “Eu te encorajo solenemente, na presença de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos, por ocasião da sua manifestação pessoal e mediante seu Reino: Prega a Palavra, insiste a tempo e fora de tempo, aconselha, repreende e encoraja com toda a paciência e sã doutrina. Porquanto, chegará o tempo em que não suportarão o santo ensino, ao contrário, sentindo coceira nos ouvidos, reunirão mestres para si mesmos, de acordo com suas próprias vontades. Tais pessoas se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos. Tu, no entanto, sê equilibrado em tudo, suporta os sofrimentos, faze a obra de um evangelista e cumpre teu ministério” – 2ª Timóteo 4.1-5.

Vale a pena destacar esse trecho, pois ele não se perde no tempo e continua tão vivo e tão real a todas as gerações que se levantarem no cuidado e serviço do Reino.

Não se tem informação sobre o tempo de vida de Timóteo e dados de sua morte, alguns afirmam que ele também foi um mártir da igreja, contudo não há fundamentos para tal, mas o que realmente importa aqui é a inspiração desse jovem que entendeu o seu chamado e o cumpriu. Faça assim você também: Viva o seu chamado e invista a sua vida à causa do Reino, vale muito a pena.

Quer Memorizar a Bíblia?

Veja como você pode Memorizar Milhares de Versículos Bíblicos. Clique Aqui e conheça esse método.

Mais Vistos Nos Últimos Dias

Copyright© 2014-2018 | Projeto Gospel. Todos os direitos reservados