Início » Significados Bíblicos » Qual Significado da Pascoa?

Qual Significado da Pascoa?

A pascoa é um dia muito especial que você deve entender o seu significado. Segue abaixo …

“O verdadeiro sentido da Páscoa é a Ressurreição de Jesus, após o sacrifício na Cruz”. Esta é uma máxima entre os cristãos (protestantes ou católicos), provavelmente pela proporção da morte de Jesus, por Ele ter dividido a história da humanidade (a.C e d.C), esta data se tornou uma data cristã.

verdadeiro-significado-da-pascoa

Entretanto, nos evangelhos existe uma série de citações a respeito da Páscoa:

“Estava se aproximando a festa dos pães sem fermento, chamada Páscoa” (Lucas 22:1)

“Como vocês sabem, estamos a dois dias da Páscoa, e o Filho do homem será entregue para ser crucificado. ” (Mateus 26:2)

“Faltavam apenas dois dias para a Páscoa e para a festa dos pães sem fermento. ” (Marcos 14:1)

“Era o Dia da Preparação da semana da Páscoa, por volta do meio-dia. “Eis o rei de vocês”, disse Pilatos aos judeus. ” (João 19:14)

Ou seja, a Páscoa era uma festa preestabelecida antes de Cristo vir para a Terra.

Mas qual o verdadeiro Significado da Pascoa?

A Páscoa ou Pesach, em hebraico, é uma festa tradicionalmente judaica estabelecida por Deus enquanto o povo de Israel ainda vivia no Egito e que comemora o livramento dos seus primogênitos (décima praga) através do sangue do cordeiro passado nos umbrais das portas dos israelitas que vivia ali e que foi determinante para que o faraó libertasse a todos.

“Respondam-lhes: “É o sacrifício da Páscoa ao Senhor, que passou sobre as casas dos israelitas no Egito e poupou nossas casas quando matou os egípcios”. (Êxodo 12:27)

A Páscoa judaica então não tem nenhuma ligação com Jesus Cristo?

De forma alguma. Se fizermos um exercício nas nossas leituras bíblicas perceberemos que toda a história do Antigo Testamento aponta para o Cristo. Então façamos esse exercício em relação a Páscoa Judaica e o sacrifício de Cristo.

→ Veja Também: O que Significa Fornicação

O que salvou os primogênitos de serem mortos quando o anjo da morte passou pelo Egito foi o sangue do cordeiro nos umbrais.  A fé cristã diz que Jesus é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (Jo 1: 36), ou seja, o sangue de Jesus vertido na cruz é suficiente e eficiente para salvar a toda humanidade. Sendo assim Jesus é a Páscoa do cristão e de todo aquele que crer.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.

Recomendação da Semana