Projeto Gospel - Tudo sobre a Bíblia Sagrada

Início » Perguntas » Você sabe o que é incesto? Veja o que a Bíblia Diz

Você sabe o que é incesto? Veja o que a Bíblia Diz

O que é incesto? Isso acontece quando há relação sexual entre duas pessoas que são parentes próximos, como pais com seus filhos, irmãos, tios e sobrinhos, etc.

Existe uma certa dificuldade para se definir até que grau é considerado incesto e se parentes adotivos também deveriam ser considerados, mas hoje em dia é considerado pecado pela maioria das religiões e crime na maior parte das sociedades.

o-que-e-incesto

O que a bíblia diz sobre o incesto?    

Na Bíblia há algumas histórias que envolvem incesto e por isso surge a questão: por que era “liberado” antes e foi proibido depois? Não há uma resposta certa para essa pergunta já que não é respondida claramente através da Palavra, mas é possível pensar em algumas possibilidades e analisar algumas situações.

No início Deus criou o homem e a mulher e ordenou que se multiplicassem. Nesse tempo todos tinham algum tipo de parentesco – apesar de haver contestações de ordem histórica e cientifica -, por isso, havia o casamento entre pessoas que faziam parte da mesma família, conforme a humanidade crescia esse cenário foi se modificando.

Há três casos na bíblia que podem ser citados para exemplificar essas relação, duas contadas na Gênesis e uma no livro de Samuel. A primeira é a de Ló e suas filhas (Gênesis 19:30-38); a segunda Abraão e Sara que era sua meia-irmã – compartilhavam apenas o mesmo pai – e sua esposa (Gênesis 20:12-16); e, por fim, a terceira de Amnon e Tamar, filhos do rei David (2 Samuel 13). É importante lembrar que nessa época Deus ainda não tinha condenado o incesto, então não era considerado um pecado.

Nenhum homem se chegará a qualquer parenta da sua carne, para descobrir a sua nudez. Eu sou o Senhor. (Levítico 18-6)

Foi a partir dessa passagem que Deus mostrou que o incesto é algo proibido e que não nos levara para um bom caminho. Em vários versículos do capítulo 18 temos as leis relacionadas a essa prática e nos é mostrado que tipo de relação é considerada incesto – pai e mãe; irmãos; netos; tios; nora; cunhada e enteada.

Maldito quem se deitar com sua irmã, filha de seu pai ou de sua mãe. E todo o povo dirá: Amém! (Deuteronômio 27:22)

O que não sabemos, por não estar claro, é a razão por essas relações terem começado a ser consideradas erradas. Alguns dizem que Deus já sabia o que esse tipo de relacionamento poderia causar, já que como sabemos hoje diversas doenças e problemas genéticos estão ligados a essas relações e, por isso, Ele decidiu nos mandar através das Leis Mosaicas uma forma de, sem sabermos, nos salvar de futuros problemas em grande escala.

Outros já dizem que o incesto sempre foi proibido e mal visto aos olhos de Deus, mas que aquelas pessoas precisavam passar por aquelas situações.

Veja Também: O que é o Livre Arbítrio?

Seja como for, o que sabemos hoje é que essas relações incestuosas podem gerar diversos problemas para os seus frutos e que Deus as condenou, por isso, mesmo que um dia elas tenham acontecido e sido escritas na Bíblia, não são mais bem vistas nem por Deus, nem pela sociedade.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.

Recomendação da Semana