Projeto Gospel - Tudo sobre a Bíblia Sagrada
Início » Parábolas de Jesus » Parábola da Dracma Perdida

Parábola da Dracma Perdida

Os escribas e os fariseus estavam em quase todos os momentos ao lado de Jesus, mas infelizmente a motivação do coração deles não era ouvir sua mensagem para tornarem um dos seus seguidores, pelo contrário, eles estavam a todo o momento buscando alguma forma para acusá-lo e condená-lo (Marcos 3.2).

parabola-da-dracma-perdida

Os escribas e os fariseus eram conhecedores da palavra, contudo o legalismo os cegava e eles não conseguiam enxergar verdadeiramente que quem estava diante deles era a própria Palavra. Eles conheciam tudo o que estava escrito, mas não conheciam o coração de Jesus.

O conhecimento sem amor em nada é proveitoso, bem como o amor se torna irresponsável e meramente emocional sem o conhecimento.

Jesus veio como um cumpridor da lei (Mateus 5.17) e essa conduta preservou até a sua obra vicária na cruz. Jesus olhava em volta e enxergava corações que estavam precisando do pastoreio e acolhimento que O bom pastor tem para oferecer para todos quantos se colocarem numa condição de arrependimento recebendo o Seu perdão, graça e alegria.

Nesse instante do seu ministério Jesus estava compartilhando o pão com os pecadores, publicanos e pessoas de má fama. Os escribas e fariseus olharam aquela cena e começaram a censurá-lo e murmurar entre eles: “como este saúda e se mistura com esse tipo de gente e ainda compartilha o pão com eles?” (Lucas 15.2).

Os escribas e fariseus colocavam duros fardos sobre as pessoas fazendo com que o viver ficasse a cada dia mais difícil, imagine se eles não colocariam censuras sobre o próprio filho de Deus que para muitos não passava de um profeta ou um enganador blasfemo?

É diante desse contexto, vendo o que se passava ao seu redor, que Jesus lhes propôs três parábolas: a ovelha perdida, a dracma perdida e o filho pródigo. Hoje nós conversaremos sobre a parábola da dracma perdida que diz:

“Qual é a mulher que, possuindo dez dracmas e, perdendo uma delas, não acende uma candeia, varre a casa e a procura diligentemente até encontra-la? E, tendo a achado, reúne suas amigas e vizinhas e proclama: ‘Alegrai-vos comigo, porque agora achei minha dracma perdida’. Eu vos asseguro que, de igual modo, há grande júbilo na presença dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende” (Lucas 15.8-10).

Dracma Perdida

A dracma é uma referência a uma moeda grega, o valor dessas moedas equivalia a um dia de trabalho, semelhante a um denário – moeda romana – (Mateus 20.2).

As casas da Palestina, na época de Jesus, não tinham janelas e o chão era de barro, essa circunstância fazia com que a localização de uma moeda perdida ficasse difícil, bem por isso que na parábola contada por Jesus à mulher procura pela moeda diligentemente até encontra-la, esse termo demonstra que a procura foi imediata ao tomar conhecimento da perda (age prontamente) com todo o cuidado e zelo para encontra-la.

É interessante ainda observar que na parábola que antecede e na parábola que sucede, a ovelha se perde do rebanho e o filho sai de casa, mas a dracma se perde dentro de casa: que resposta aos fariseus! Eles conheciam tudo na teoria, mas estavam perdidos na prática.

Estudo sobre a Dracma Perdida

O que Jesus estava dizendo sobre a censura recebida ainda é que o amor de Deus é fraterno e misericordioso e está atento para observar todos os que estão perdidos, seja dentro ou fora de casa, Jesus é a expressão desse amor que supera limites e não se importa com barreiras.

Aquelas pessoas – pecadores, publicanos, pessoas de má fama – estavam perdidas e Jesus estava se revelando é elas não se importando como parâmetro para se envolver sobre quem elas era, tão pouco o que fizeram até aquele momento, mas desejava mostrar a elas as boas novas da salvação.

É a graça invadindo o caminho do que estava perdido.

Há festa no céu quando um pecador se arrepende e se volta para Deus (Lucas 15.10), mesmo diante do cenário mais desafiador como da casa dessa mulher da parábola.

Há festa no céu, assim como a dona da dracma tanto se alegrou ao encontrar a sua moeda perdida. Somos de Deus e feitos para Ele, há festa porque algo que lhe pertence por direito foi encontrado.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.

Miguel Leme

Criador do Projeto Gospel, desenvolveu o projeto para levar a palavra de Deus ao máximo de pessoas possível, através da Internet. Juntamente com alguns colaboradores traz “estudos, sermões, histórias, significados entre outras categorias relacionadas”.